Morar em Londres Legalmente

posted in: Paula Tooths, U.K. | 0

(LONDRES) por Paula Tooths

A vida nesta parte do mundo e muito boa, mas como tudo, tem pros e contras.

Quando aqui cheguei, a vida era muito diferente. A imigracao era mais solta, bem como a politica em geral. Era mais facil para encontrar um trabalho ou comecar um curso, de ingles ou graducao. Era mais facil comprar um carro ou alugar uma casa e nao era dificil comprar um imovel.

Com os ataques em 2005-2006 e depois com a crise que teve inicio em 2009-2010, o cerco para os imigrantes – legais e ilegais – comecou a fechar.

Tambem, com o aumento da comunidade europeia e a inclusao de novos paises, o sistema de saude e educacao ficou mais apertado, sem contar as bolsas (bolsa familia, bolsa desemprego, bolsa moradia e por ai vai) que podia-se pedir assim que chegasse por aqui.

Naquela epoca, estudar em Londres era uma das melhores opcoes para quem queria escapar do Brasil. O estudante podia estudar e trabalhar para se manter. Anos depois, o estudante teve o numero de horas de trabalho reduzidas. O total autorizado pelo governo era de 20 horas por semana. A mesma decisao teve uma revisao pouco tempo depois e na nova ordem, estudantes de cursos de ingles perderam o direito de trabalhar, mas os estudantes de cursos universitarios mantiveram o direito de trabalhar 20 horas semanais.

Ainda naquela epoca, os imigrantes ilegais conseguiam trabalho quase que de imediato. Alguns trabalhavam sem documento mesmo, outros trabalhavam com documentos de terceiros e outros com documentos falsos (muitos comprados de mafias que vendiam documentos de portugueses ja falecidos). Hoje, nenhuma empresa britanica contrata um trabalhador sem documento. A multa e de £10.000 por cada funcionario ilegal e o oficial ainda tem o poder de fechar o estabelecimento e os trabalhadores ilegais sao deportados sem perdao.

Mas e claro que os brasileiros sempre ‘dao um jeitinho’. Nao ha tantos ilegais como tinha quando eu cheguei, porem vejo sempre novas levas. Estes brasileiros geralmente vao trabalhar como ajudante de limpeza ou construcao, alguns aprendem trabalhos de beleza (manicure, cabelo, massagens, etc) e passam a trabalhar com anuncio e o que tenho visto mais nos ultimos anos, sao os que trabalham de casa com confeitos e decoracao de bolos. Jeito sempre ha.

Vale lembrar que carteira de motorista britanica nao e emitida para aqueles que nao tem visto valido, mas com a carteira internacional pode dirigir por 12 meses. No Brasil, geralemente quem emite a interacional e o Rotary Motors. Para comprar um carro tambem nao precisa estar legal por aqui, a vista claro.

Ha uma curiosidade. Voce nao precisa andar com a sua carteira de habilitacao. Voce tera sete dias para apresenta-la a estacao de policia. Quando o oficial te para, ele ja leu a placa do seu carro e tambem ja buscou informacoes. Logo, se ele te parou e porque ha um problema. Na maioria das vezes porque voce nao tem seguro. Fica a dica – comprou carro, faca seguro imediatamente. E obrigatorio! O seguro do carro pode ser feito com carteira internacional, mas duplica a mensalidade.

Nao vou dizer que a imigracao nao fica de olho, muito pelo contrario. Ja fui revistada algumas vezes em estacoes de metro e vi outras pessoas ali recebendo ordem de deportacao. Ha um onibus na zona NW de Londres que cruza uma area onde esta a maior concentracao de conterraneos, carinhosamente chamado de “carona Brasil”. Este onibus e mais do que famoso por deportar brasileiros. Mas vamos ser francos. Por que os brasileiros sao deportados? Porque eles nao pagam a passagem e quando o fiscal entra e pede para checar o cartao eletronico de transporte (Oyester) e ver que a passagem nao foi paga, este mesmo fiscal vai checar o status e ao descobrir que o pasageiro nao tem visto valido, um pedido de deportacao e emitido.

Escola para os filhos tambem pode ser uma dor de cabeca. Meu filho nasceu aqui e e britanico, mas eu vejo varios ‘causos’. Antigamente, com a ajuda da igreja catolica, muitas maes conseguiam matricular seus pequenos em escolas locais. Hoje, ate por falta de vaga, as escolas ja nao aceitam matricula de criancas sem visto valido. Porem, neste pais, as maes podem educar seus filhos em casa, o que pode ser uma saida.

O sistema de saude convencional tambem esta bem rigido. As clinicas de familia (GP) nao aceitam novos pacientes que nao tem documento, mas pode-se ali pagar pela consulta e e cobrado o mesmo preco de um medico especialista, quando nos GPs, eles sao medicos gerais e vao fazer uma recomendacao para um especialista. Mas em Londres ha centenas de clinicas feitas para a comunidade de risco e eles atendem sem problema (Ha uma grande no Hospital St Marys na estacao de Paddington).

Ainda ha a mafia rural. Ja escutei muito a respeito mas para ser sincera, nunca conheci ninguem que tenha trabalhado neste esquema. Sao fazendas de legumes e frutas que contratam trabalhadores (sem documento) e fornecem acomodacao e alimentacao, o que consequentemente reduz o salario consideralvemente.

A comunidade brasileira e considerada a comunidade mais desunida da Inglaterra, mas no comeco pode ajudar muito. Jornais como o Brazilian News e revistas como a Leros por exemplo, sao distribuidos gratuitamente por estabelecimentos brasileiros e sao interessantes nao so para ter noticias do Brasil e da comunidade brasileira aqui, mas bom para buscar empregos, encontrar casa e ate fazer amigos. Em mercadinhos brasileiros, voce tambem pode encontrar alguma ajuda bem como comprar os produtos que para muitos de nos e indispensavel e nao ha na prateleira do supermercado convencional.

Advogados brasileiros sao famosos por sua picaretagem, mas ha sempre um serio e honesto. Ha tambem dois centros comunitarios brasileiros bem conhecidos. Um esta no coracao de Kilburn e o outro em Willesden.

Entao vem a pergunta – E para quem tem passaporte Europeu?

Bom, neste caso a vida e bem mais facil. Voce vai poder se matricular no medico de familia mais proximo e usar todos os hospitais do pais, facil e gratuitamente. Escolas tambem aceitarao as matriculas de seus filhos e voce tambem podera estudar. Note que os cursos universitarios na Inglaterra NAO sao gratuitos. Em media, as universidades menores e mais baratas, custam pouco mais de £30.000 /ano.

Ja os beneficios nao poderao ser pedidos em sua chegada como sempre pode. Voce precisara estar vivendo legalmente por pelo menos 2 anos para pedir qualquer um dos beneficios (e sao muitos).

Com o Brexit, nao temos certeza como sera a vida dos europeus depois desta fase de adaptacao. A unica certeza e que ficara bem mais dificil ate para nos com passaporte europeu. Ate o momento, a ideia do governo e que paguemos um seguro saude para usar o sistema publico (NHS), paguemos pela educacao de nossos filhos nao britanicos e teremos de solicitar permissao de residencia, mas como todos sabem, o futuro da Inglaterra ainda e incerto e nem mesmo a primeira ministra sabe como sera a terra da rainha posterior ao Brexit e os requisitos para quem nao e britanico. Depois das eleicoes, hoja ha o maior numero de desempregados da historia, sem contar que a moeda ja nao e tao forte como foi um dia.

E para os que estao se perguntando se ha outra maneira de viver legamente na Inglaterra…

Sim ha. E muitas. O que eu mais vejo e o visto de estudante. Para cursos inferiores a um semestre, o visto nao e necessario, mas muitos viajantes solicitam para depois daqui mesmo tentar trocar de status. Empresas brasileiras trazem seus funcionarios diariamente, usando visto de trabalho e transferencia. Ha tambem o visto de investidor, que oficialmente pede um investimento de £200K mas e sabido que muitos advogados conseguem com menor valor. Ha o visto de baba, que e um dos mais faceis, mas e temporario. O visto de reuniao familiar – se voce tem um irmao, um tio ou um familiar que more aqui, o visto pode ser pedido sim. E claro, o tao famoso casamento.

Para quem quer de verdade, solucao sempre ha.